Direitos Humanos
 Desejos Humanos
 Educação EDH
 Cibercidadania
 Memória Histórica
 Arte e Cultura
 Central de Denúncias
 Banco de Dados
 MNDH Brasil
 ONGs Direitos Humanos
 ABC Militantes DH
 Rede Mercosul
 Rede Brasil DH
 Redes Estaduais
 Rede Estadual RN
 Mundo Comissões
 Brasil Nunca Mais
 Brasil Comissões
 Estados Comissões
 Comitês Verdade BR
 Comitê Verdade RN
 Rede Lusófona
 Rede Cabo Verde
 Rede Guiné-Bissau
 Rede Moçambique

 

Curso Minorias Sociais e Étnicas, Cidadania e Ação Policial

 O Curso Minorias Sociais e Étnicas, Cidadania e Ação Policial constituiu-se na primeira atividade educativa, desenvolvida junto a Polícia Militar da Paraíba – PMPB, pelo Programa Segurança, Justiça e Cidadania da Coordenação de Programas de Ação Comunitária – COPAC, da Pró-Reitoria para Assuntos Comunitários e a Comissão de Direitos Humanos da Universidade Federal da Paraíba.

O referido Programa tem como objetivo desenvolver ações de cunho educativo e de pesquisa, junto a órgãos governamentais, assim como junto aos diversos setores da sociedade, com temas relacionados a Segurança Pública, Justiça, Cidadania e Direitos Humanos.

Assim sendo, o curso acima mencionado teve como objetivo capacitar policiais militares para atuarem na promoção e defesa da cidadania, no que tange essencialmente ao trato às minorias sociais e étnicas. Portanto, contando como órgãos parceiros a Secretaria de Trabalho e Ação Social/SINE-PB, o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos do Homem e do Cidadão, Polícia Militar da Paraíba, a Comissão de Direitos Humanos e a FUNAPE. A nível de UFPB, realizou-se o Curso Minorias Sociais e Étnicas, Cidadania e Ação Policial, no período de 03 a 10 de setembro de 1997.

A realização do curso, deu-se em dois turnos de forma intensiva, o que favoreceu o processo pedagógico e o relacionamento do grupo. Este, formado de uma turma de 30 alunos, com 60 horas/aula, foi ministrado no Centro de Ensino da Polícia Militar – CEPMPM.

A equipe de professores constituiu-se de docentes da Universidade Federal da Paraíba e da Universidade Federal de Santa Catarina, sendo estes da área de Antropologia, Sociologia, Direito e Serviço Social

Embora tenha sido realizado na CEPMPM, a coordenação do referido curso teve garantida a sua autonomia, no que tange a condução dos trabalhos.

Na avaliação, os alunos de forma unânime consideraram que o curso teria sido de grande importância para sua ação profissional, conforme pode ser constatado nos depoimentos a seguir:

“Foi de grande importância os ensinamentos e pontos de visão repassados... Proporcionando assim, uma linha de visão bem mais apurada... podendo a partir destes ensinamentos e/ou experiências dar um parecer mais seguro e imparcial nas diversas ocorrências policiais que participamos”. 

“O curso em referência, acredito que a importância dele será visível na prática policial militar, pois o mesmo serviu para abrir nossa mente para que melhor observemos, durante nossas atividades e assim possamos satisfazer a sociedade”.

 

“Este curso foi de fundamental importância para a minha vida profissional. Agora posso transmitir aos meus companheiros idéias novas, bem como fortalecer o relacionamento com a sociedade, através de uma prestação de serviço que trate a todos com igualdade sem discriminação...”

 

“É um curso composto de conteúdo muito rico em informações, e que pode ser de grande valia para Polícia Militar, se observar que ele nos permite ter uma nova visão. Uma visão mais aperfeiçoada de como agir dentro da sociedade...”

 

No que se refere ao desempenho dos instrutores, foram avaliados como de alto nível, não só quanto ao domínio das questões teóricas, como também no que tange ao conhecimento da prática policial. 

“Todos com larga experiência, até dava a entender que sabiam dos problemas policiais militares, mais do que os próprios PMs”.”

Houve reconhecimento, por parte de todos de que o conteúdo programático foi adequado à ação policial. Segundo alguns depoimentos, essa adequação, propiciou uma maior participação dos alunos nas discussões dos assuntos, “com questionamentos e observações de grande relevância”. Afirmou um deles.

Todavia, acharam que a carga horária do curso, deveria ter sido maior, de modo que o conteúdo programático pudesse ter sido mais aprofundado. 

Conteúdo Programático do Curso 

Teoria Antropológica
Conceito de Cultura
Relativismo Cultural
Identidade Étnica
Diferenças Sociais e Culturais 

Relações Interetnicas

Comunidades Negras
Sociedades Indígenas
Ciganos
 

Relações do Gênero

Sistema de Relações Sexo/Gênero
Direitos Reprodutivos Sexuais
Violência Contra a Mulher – Relações Conjugais e Violência
Prostituição Infantil
Violência e Diferenças Sexuais
Experiência Policial e Construção da Ordem Pública
Mídia e Violência
Cidadania e Ação Policial
A Construção da Cidadania no Brasil
A Ação Policial e Cidadania.

 

 
Desde 1995 © www.dhnet.org.br Copyleft - Telefones: 055 84 3211.5428 e 9977.8702 WhatsApp
Skype:direitoshumanos Email: enviardados@gmail.com Facebook: DHnetDh
Google
Notícias de Direitos Humanos
Loja DHnet
DHnet 18 anos - 1995-2013
Linha do Tempo
Sistemas Internacionais de Direitos Humanos
Sistema Nacional de Direitos Humanos
Sistemas Estaduais de Direitos Humanos
Sistemas Municipais de Direitos Humanos
História dos Direitos Humanos no Brasil - Projeto DHnet
MNDH
Militantes Brasileiros de Direitos Humanos
Projeto Brasil Nunca Mais
Direito a Memória e a Verdade
Banco de Dados  Base de Dados Direitos Humanos
Tecido Cultural Ponto de Cultura Rio Grande do Norte
1935 Multimídia Memória Histórica Potiguar