Nosso Projeto
 Direitos Culturais
 Direitos Humanos
 Direito a Memória
 Direito a Informação
 Curso Agentes Culturais
 Guia Cidadania Cultural
 Oficinas ACC
 Glossário TC
 Jornal Tecido Cultural
 Galeria de Imagens
 Pontos de Cultura
 Casas de Cultura
 Municipalidade Cultural
 Almanaque da Poesia
 Memória Potiguar
 Direitos Humanos RN
 Direitos Humanos
 Desejos Humanos
 Educação EDH
 Cibercidadania
 Memória Histórica
 Arte e Cultura
 Central de Denúncias
 Rede Brasil
 Redes Estaduais
 Rede Estadual RN
 Rede Lusófona
 Rede Mercosul

Ponto de Cultura Tecido Cultural
Glossário

Conjunto de termos e palavras em forma de dicionário reunindo um acervo de informações sobre Cultura funcionando como suporte para todas as seções do Portal Tecido Cultural.

 

| A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O |
| P | Q | R | S | T | U | V | X | Y | W | Z |

 

A

Acesso a Direitos Culturais – Módulo III Curso Agentes Culturais da Cidadania
Módulo do Curso de Agentes Culturais da Cidadania que discute o amplo acesso à Cultura de modo que se possa usufruir de todos os seus direitos, incluindo assim a participação do cidadão e da cidadã nos seus benefícios, garantindo o acesso aos equipamentos públicos, financiamento cultural e liberdade de expressão.

Acontecimentos Culturais
Eventos e manifestações culturais significativas para a história e desenvolvimento da Cultura.

Agentes Culturais da Cidadania, Curso
Instrumento para formação e capacitação com a temática de Cultura e Cidadania sendo divulgado e distribuído para Agentes Culturais; Casas de Cultura; Bibliotecas; Escolas e Instituições.

Agentes da Cidadania
Cidadão ou cidadã capacitados através de programas de formação para conhecer, exercer e promover a Cidadania, os Direitos Humanos, a Educação e a Cultura.

Almanaque da Poesia Potiguar
Consiste-se em um vasto acervo de poesias em forma de antologia, escrito por poetas potiguares, compreendendo várias gerações e épocas, desenvolvido com elementos retirados dos antigos almanaques, contendo histórias, curiosidades e datas comemorativas do nosso calendário cultural.

Arquitetura Global da Rede Estadual de Direitos Humanos RN
Trata-se de questões práticas e concretas que desenham a Rede Estadual de Direitos Humanos. É nesse documento que detalhamos o projeto político, bem como a compreensão da construção de uma Rede Estadual de Direitos Humanos: conceitos, ações. eixos, objetivos, finalidades, metodologia e resultados esperados, seja de modo presencial ou online, através da Rede DHnet.

Artistas Potiguares
Fazedores e criadores culturais que contribuíram e contribuem para o fortalecimento da Cultura potiguar.

Associações Culturais
Organizações e Entidades culturais que promovem e articulam o desenvolvimento cultural.

Audiências Públicas
Forma de incentivar a participação popular, através de suas Organizações, para a discussão de temas importantes para a sociedade.

^ Subir

B

Bens Culturais
São equipamentos e manifestações materiais e imateriais que revelam a identidade cultural e contribuem para a preservação da memória e dos seus significados históricos.

Bens Imateriais
São conhecimentos produzidos pelas ciências em geral no decorrer da história da humanidade, a sabedoria ou ditos populares, crenças religiosas, tradições transmitidas oralmente de geração para geração, obras artísticas e de reconhecimento da identidade cultural.

^ Subir

C

Calendário Cultural RN
Datas significativas onde são apresentados eventos e manifestações importantes para a Cultura Potiguar.

Caravanas de Cidadania Cultural
Evento itinerante mobilizando cidades do Rio Grande do Norte promovendo atividades culturais e educativas.

Caravanas de Direitos Humanos RN
Atividades de Direitos Humanos nas cidades do Rio Grande do Norte mobilizando as comunidades com a realização de Oficinas, Seminários, Audiências Públicas, articulação com a mídia e visitas às autoridades locais.

Casas de Cultura
As Casas de Cultura são espaços culturais geridos de forma que os equipamentos existentes estejam voltados para o favorecimento da expressão cultural da população.

Casas de Cultura, ABC
Relação das Casas de Cultura existentes no Rio Grande do Norte.

Cenopoesia
Cenopoesia é uma opção alternativa para público que curte poesia e teatro. Ao fazer uma composição dos dois, chega-se a uma performance teatral simples. Enquanto o teatro se encarrega de ação e dos gestos, a poesia traz em si a carga de dramaticidade – densidade e síntese – textual de que o teatro necessita. Esta manifestação artística tem entre seus principais articuladores o poeta e ator Ray Lima.

Centro de Direitos Humanos e Memória Popular CDHMP
Organização não governamental de promoção e defesa dos Direitos Humanos, sediada em Natal, Rio Grande do Norte, Nordeste do Brasil, que trabalha com as interfaces de Educação, Memória Histórica e Cultura.

Centro de Estudos, Pesquisa e Ação Cultural CENARTE
Organização não governamental que gerencia a DHnet-Rede de Direitos Humanos e Cultura, com sede em Natal, Rio Grande do Norte, Nordeste do Brasil.

Cibercidadania
Movimento coordenado pela DHnet – Rede de Direitos Humanos e Cultura que discute cidadania, comunicação e direitos humanos utilizando novas tecnologias e os recursos disponíveis no ciberespaço, em especial a Internet.

Ciclos Culturais
Aspecto filosófico da Cultura que é constituído da comunidade de interesses éticos, religiosos, sociológicos, ecumênicos, históricos e jurídicos. As festas e celebrações tradicionais do calendário cultural também são conhecidas como ciclos culturais.

Cidadania
A cidadania expressa um conjunto de direitos que dá à pessoa a possibilidade de participar ativamente da vida e do governo de seu povo.

Cidadania Digital
È o exercício do acesso pleno aos meios tecnológicos de trabalho, pesquisa, publicação e comunicação.

Cidadania Global
Nova consciência coletiva de lutas contra as injustiças sociais mobilizando cidadãos e cidadãs do mundo numa contraposição contra a globalização econômica, financeira e cultural unindo forças de resistência e protagonismos por uma justiça global.

Conferência Estadual de Cultura
Espaço democrático de discussão da Cultura nos Estados envolvendo sociedade civil, a esfera pública e gestores do Governo Estadual, na construção de diretrizes para a formulação de políticas públicas no âmbito cultural.

Conferência Nacional de Cultura
Espaço democrático de discussão da Cultura numa amplitude nacional tendo como protagonistas a sociedade civil, a esfera pública e os gestores do Governo Federal, na construção de diretrizes para a formulação de políticas públicas no âmbito cultural.

Conferências
As conferências são espaços democráticos de debate e controle social com a representação de vários segmentos que têm o objetivo propor diretrizes para a formulação de políticas públicas de uma determinada área nos níveis municipal, estadual e federal. Os resultados das Conferências são decisões políticas que para que tenham validade precisam ser transformadas em resoluções (decisão jurídica).

Conferências de Cultura
São espaços democráticos de discussão da Cultura com o objetivo de propor diretrizes para a formulação de políticas públicas no âmbito cultural.

Conferências Municipais de Cultura
Espaço democrático de discussão da Cultura nos Municípios envolvendo sociedade civil, a esfera pública e gestores do Governo Municipal, na construção de diretrizes para a formulação de políticas públicas no âmbito cultural.

Cooperativas Culturais
Associações de natureza cultural que busca reunir artistas, agentes e produtores culturais na promoção de seu desenvolvimento técnico e profissional contribuindo também para o reconhecimento dos artistas pela sociedade.

Cultura Digital
Sociedade de informação caracterizada pela existência de múltiplas modalidades de comunicação envolvendo o trabalho em rede e amplo uso de tecnologias digitais, em especial a internet.

Cultura Global
Reunião, interação e convergência de várias culturas facilitadas pela ampliação do acesso à informação e a intensificação dos fluxos transfronteiriços.

Cultura Glocal
Referência à presença da dimensão local na produção de uma cultura global provocando a construção de novas identidades.

Cultura Local
Espaço de criação de práticas socioculturais construídas e sustentadas por agentes e organizações surgidas e inseridas dentro do seu próprio meio.

Cultura Municipal
A vida cultural do Município envolve questões como gestão cultural; política cultural; história e memória cultural; mapeamento dos equipamentos públicos culturais e a participação ativa do cidadão e da cidadã construindo suas identidades e fortalecimento da Cidadania Cultural.

Cultura no Brasil e no RN.A – Módulo I Curso Agentes Culturais da Cidadania
Módulo do Curso de Agentes Culturais da Cidadania que discute os aspectos culturais dentro da dimensão nacional, focalizando o Brasil e na dimensão regional, revelando a realidade do Rio Grande do Norte.

Cultura no Município e nas Comunidades Locais, A – Módulo II Curso Agentes Culturais da Cidadania
Módulo do Curso de Agentes Culturais da Cidadania que discute o Município como um todo no tratamento das questões públicas culturais. Trata-se desde a gestão municipal cultural, seus programas de incentivos e seus mecanismos de inclusão cultural como também a participação da sociedade civil através dos agentes e organizações culturais.

Cultura nos Municípios
Aspectos da gestão cultural, acesso a políticas culturais, manifestações e acontecimentos culturais e a participação dos artistas, produtores e sociedade no desenvolvimento cultural do Município.

Culturas Alternativas
Expressões culturais focada principalmente nas transformações da consciência, dos valores e do comportamento, na busca de outros espaços e novos canais de expressão para o indivíduo e pequenas realidades do cotidiano.

Curso de Agentes Culturais da Cidadania
Instrumento para formação e capacitação com a temática de Cultura e Cidadania sendo divulgado e distribuído para Agentes Culturais; Casas de Cultura; Bibliotecas; Escolas e Instituições.

Curso de Agentes da Cidadania
Curso desenvolvido pela DHnet e Rede Estadual de Direitos Humanos-RN que visa capacitar e fornecer subsídios para a promoção e proteção de todos os direitos da pessoa humana a militantes sociais, funcionários de instituições públicas, educadores, operadores do mundo acadêmico e outros atores sociais engajados na luta pela defesa e a disseminação da cidadania em todos os Estados e municípios do Brasil.

^ Subir

D

Declarações de Cultura Culturais
Artigo da Declaração da UNESCO de 27.11.78 que proclama que a cultura, obra de todos os seres humanos e patrimônio comum da humanidade, a educação no sentido mais amplo da palavra, proporcionam aos homens e às mulheres meios cada vez mais eficientes de adaptação, que não somente lhes permitem afirmar que nascem iguais em dignidade e direitos, como também devem respeitar o direito de todos os grupos humanos a identidade cultural e o desenvolvimento de sua própria vida cultural no marco nacional e internacional, na inteligência que corresponde a cada grupo tomar a decisão livre se seu desejo de manter e se fôr o caso, adaptar ou enriquecer os valores considerados essenciais para sua identidade.

Desejos Humanos
Macrotema da DHnet que é um fórum de discussões que apontam para o resgate da esperança e reinvenção da utopia. Trata-se de um amplo debate sobre a temática Desejos Humanos que pode ser considerada direitos de 5ª. geração.

DHnet Rede Direitos Humanos e Cultura
Provedor de informações, via internet, sendo considerado o maior banco de dados sobre Direitos Humanos da América Latina.

Dia da Poesia RN
Manifestação cultural que marcam as comemorações do Dia Nacional da Poesia no Rio Grande do Norte na data de 14 de Março.

Dia Nacional da Poesia
Data comemorativa em homenagem à Poesia que acontece em todo dia 14 de Março tendo uma vasta programação cultural. O Rio Grande do Norte é um dos Estados mais ativo na realização das atividades do Dia da Poesia.

Direito à Cultura
É a possibilidade do indivíduo de usufruir de seus bens culturais, desenvolver conhecimentos sobre a sua própria história e construir sua verdadeira identidade cultural.

Direito a Informação
Discussão de Direitos que compreendem a liberdade de expressão, em todas as suas formas e manifestações; o direito que as pessoas devem ter na igualdade de oportunidades para receber, buscar e divulgar informação por qualquer meio de comunicação sem discriminação, por nenhum motivo, inclusive os de raça, cor, religião, sexo, idioma, opiniões políticas ou de qualquer outra natureza, origem nacional ou social, posição econômica, nascimento ou qualquer outra condição social e ainda o direito do cidadão de ter acesso à informação em poder do Estado.

Direito a Memória
A Memória é um bem público que dá base para a construção da identidade social e cultural. Isto significa que é fundamental para o posicionamento (construção da verdade) sobre os acontecimentos históricos. Nesse sentido Direito à Memória é para recordar, entender e refletir sobre o passado e Direito à Verdade é para conhecer os fatos que aconteceram e poder construir leituras sobre eles.

Direito a Memória e a Verdade
A Memória é um bem público que dá base para a construção da identidade social e cultural. Isto significa que é fundamental para o posicionamento (construção da verdade) sobre os acontecimentos históricos. Nesse sentido Direito à Memória é para recordar, entender e refletir sobre o passado e Direito à Verdade é para conhecer os fatos que aconteceram e poder construir leituras sobre eles.

Direitos Culturais
Discussão de Direitos que compreendem o direito à educação, de participar da vida cultural e de beneficiar-se do progresso científico, assim como o direito das minorias étnicas e raciais, de gênero e orientação sexual.

Direitos Humanos
A expressão “direitos humanos” é uma forma abreviada de mencionar os direitos fundamentais da pessoa humana. Esses direitos são considerados fundamentais porque sem eles a pessoa humana não consegue existir ou não é capaz de se desenvolver e de participar plenamente da vida. Todos os seres humanos devem ter asseguradas, desde o nascimento, as mínimas condições necessárias para se tornarem úteis à humanidade, como também devem ter a possibilidade de receber os benefícios que a vida em sociedade pode proporcionar. Esse conjunto de condições e de possibilidades associa as características naturais dos seres humanos, a capacidade natural de cada pessoa poder valer-se como resultado da organização social.

Direitos Humanos de Segunda Geração
Trata-se dos Direitos Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais indispensáveis à dignidade do homem e da mulher e ao livre desenvolvimento de suas personalidades.

Direitos Humanos para todos os Potiguares!!!
Lema da Rede Estadual de Direitos Humanos - RN durante as Caravanas de Direitos Humanos promovendo a interiorização das lutas dos Direitos Humanos em municípios e comunidades potiguares.

Direitos Humanos RN
Discussão e articulação de Direitos Humanos no Rio Grande Norte tendo como ponto gerador a Rede Estadual de Direitos Humanos - RN. A Rede Estadual é um processo de aglutinação e mobilização de Organizações, Instituições e Movimentos Sociais coordenada pelo CDHMP – Centro de Direitos Humanos e Memória Popular, mas que em cada cidade, em cada comunidade tem suas características próprias baseadas em experiências locais, e o elo que une tudo isso é a construção de um Sistema Estadual de Direitos Humanos. O funcionamento do Sistema é a forma de envolver a sociedade civil e as Instituições Públicas na execução, acompanhamento e fiscalização de programas e políticas públicas de Direitos Humanos para o Estado do Rio Grande do Norte.

Direitos Humanos, Gerações de
Conceito de desenvolvimento dos Direitos Humanos que compreendem a Primeira Geração (Direitos Individuais, Direitos da Liberdade); Segunda Geração (Direitos Sociais, Direitos da Igualdade); Terceira Geração (Direitos dos Povos, Direitos da Solidariedade) e Quarta Geração (Direitos à Vida, Dimensão Planetária).

^ Subir

E

Educação em Direitos Humanos EDH
Educação em Direitos Humanos é fomentar processos de educação formal e não formal, de modo a contribuir para a construção da cidadania, o conhecimento dos direitos fundamentais, o respeito à pluralidade e a diversidade sexual étnica, racial, cultural, de gênero e de crenças religiosas.

Encontros de Cultura
Fóruns de discussão, debates e deliberações sobre questões culturais, realizados através de Conferências, Seminários ou Oficinas de Trabalho.

Equipamentos Culturais
Espaços públicos para acesso ao lazer e atividades culturais tais como cinemas, museus, centros culturais, parques, florestas, bibliotecas e teatros.

Escambo de Teatro de Rua
Movimento formado por diferentes grupos teatrais e artistas independentes e visa à construção de políticas públicas permanentes para garantir a continuidade de pesquisa, produção e circulação de teatro de rua em diferentes pontos do país.

Escola Viva
Ação do Ministério da Cultura que tem como objetivo integrar os Pontos de Cultura à Escola de modo a colaborar para a construção de um conhecimento reflexivo e sensível por meio da cultura.

Espaços Culturais
Equipamentos públicos para acesso ao lazer e atividades culturais tais como cinemas, museus, centros culturais, parques, florestas, bibliotecas e teatros.

Estética do Desespero
Expressão criada pelo ator e videasta Lula Barbosa (TV Memória Popular, do CDHMP), que consiste na utilização dos recursos materiais e tecnológicos mais simples, de baixo custo e de fácil acesso para a realização de uma produção cultural.

Exclusão Cultural
Dificuldade do acesso das populações aos produtos culturais tendo como barreiras a xenofobia, o conservadorismo e a concentração econômica da chamada hegemonia cultural.

Experiências Culturais
Conjunto de eventos, manifestações e processos culturais que contribuíram e contribuem para a história e desenvolvimento cultural.

Experiências em Direitos Culturais – Módulo IV Curso Agentes Culturais da Cidadania
Módulo do Curso de Agentes Culturais da Cidadania que mostra um conjunto de eventos, manifestações e processos culturais que contribuíram e contribuem para a história e desenvolvimento cultural do Rio Grande do Norte.

Experiências Estéticas em Direitos Humanos
Eventos e manifestações artísticas com a temática de Direitos Humanos que se caracterizam como uma nova proposta de renovação estética para todos que trabalham a cidadania.

Experiências nos Sindicatos/Arte nos Sindicatos
Eventos, manifestações artísticas e publicações editoriais organizadas por Sindicatos comprometidos com a Arte e a Cultura.

Exposição Banquete Humano
Instalação artística criada pelo artista plástico Guaraci Gabriel, com a participação do Grupo Cervantes de Teatro de Rua, que aconteceu em dezembro de 1996, durante a entrega do III Prêmio Estadual de Direitos Humanos Emmanuel Bezerra dos Santos.

Expressões Culturais
Conjunto de eventos e manifestações artísticas coletivas ou individuais produzidas por artistas ou organizações culturais de modo a contribuir para a história e desenvolvimento da Cultura.

^ Subir

F

Fundações de Cultura
Organizações culturais de caráter público ou privado, que tem como objetivo criar e implementar, em articulação com a sociedade, políticas e programas públicos de cultura que promovam e incentivem a formação, a produção, a pesquisa, a difusão e a memória das artes visuais, da dança, da música, do teatro, das artes circenses e demais manifestações culturais.

Fundo de Cultura
Mecanismo financeiro de acesso à Cultura, de função social, que tem como objetivo incentivar e estimular a produção artístico-cultural, seja através de iniciativas de pessoas físicas (agentes culturais) ou de organizações culturais de caráter público ou privado.

^ Subir

G

Gerações de Direitos
Conceito de desenvolvimento dos Direitos Humanos que compreendem a Primeira Geração (Direitos Individuais, Direitos da Liberdade); Segunda Geração (Direitos Sociais, Direitos da Igualdade); Terceira Geração (Direitos dos Povos, Direitos da Solidariedade); Quarta Geração (Direitos à Vida, Dimensão Planetária).

Gestão Cultural
Setor que atua na gestão de bens e serviços culturais contribuindo para o desenvolvimento local e regional e para a inclusão cultural. Identifica grupos, práticas e movimentos culturais de forma a articular ações que reforcem os laços de identidade e preservem o patrimônio e a diversidade cultural das comunidades.

Glossário da Rede Estadual de Direitos Humanos RN
Conjunto de termos e palavras em forma de dicionário reunindo um acervo de informações sobre toda a Rede Estadual de Direitos Humanos-RN.

Gramática do Ponto de Cultura
Conjunto de informações e noções básicas para a criação e funcionamento de um Ponto de Cultura.

Griôs
São artistas mestres de tradição oral conhecedores/as e fazedores/as de conhecimentos, iniciados ou iniciadores/as de um ramo tradicional em artes e ofícios diversos relacionados às ciências da vida.

Grupos Culturais
São organizações, entidades e segmentos culturais que através de atuação coletiva promovem e articulam o desenvolvimento cultural.

Guia da Cidadania Cultural
O Guia da Cidadania Cultural compreende a criação de um acervo de informações culturais a ser distribuído em forma de CD-ROM tendo a tiragem de 1.000 cópias cujo conteúdo será veiculado e atualizado de forma permanente na Internet através do Site do Ponto de Cultura Tecido Cultural no endereço do portal www.dhnet.org.br. O Guia da Cidadania Cultural será um mapeamento cultural e terá informações básicas sobre a cultura do município; os agentes culturais; projetos; Leis de Incentivos; acesso aos direitos culturais e equipamentos públicos.

^ Subir

H

 

^ Subir

I

Identidade Cultural
Identidade cultural é um sistema de representação das relações entre indivíduos e grupos, que envolve o compartilhamento de patrimônios comuns como a língua, a religião, as artes, o trabalho, os esportes, as festas, entre outros. É um processo dinâmico, de construção continuada, que se alimenta de várias fontes no tempo e no espaço.

Identidade Visual
É o conjunto de elementos formais que representa visualmente, e de forma sistematizada, um nome, idéia, produto, empresa, instituição ou serviço. Esse conjunto de elementos costuma ter como base o logotipo, um símbolo visual e conjunto de cores.

Incentivo Cultural
Mecanismo de promoção da Cultura que tem como objetivo contribuir para facilitar, a todos, os meios para livre acesso às fontes da cultura e o pleno exercício dos direitos culturais.

^ Subir

J

Jornal Tecido Cultural
Instrumental Educativo e de Divulgação, editado pelo CENARTE/DHnet, produzido em forma de um pequeno jornal impresso e também na versão on-line via internet contendo informações e orientações sobre o Curso de Agentes Culturais da Cidadania; sobre o Guia da Cidadania Cultural bem como dados gerais sobre o Ponto de Cultura Tecido Cultural.

Jornal Tecido Social
Tecido Social é o projeto de comunicação da Rede Estadual de Direitos Humanos – RN e, como esta última, é uma realidade aberta e em permanente construção. É ao mesmo tempo um jornal impresso de publicação bimestral e um boletim eletrônico que, atualmente, é recebido pela grande maioria das entidades, os movimentos da sociedade civil organizada e as instituições federais e estaduais que trabalham com Direitos Humanos (tanto civis e políticos como econômicos, sociais, culturais e ambientais) e pela grande maioria dos meios de comunicação social (televisivos, impressos, radiofônicos e digitais) nacionais e locais, oficiais e alternativos, do Brasil.

^ Subir

K

 

^ Subir

L

Lei de Cultura Câmara Cascudo
Instrumento legal de incentivo cultural promovido pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte de modo a garantir o acesso a fundos públicos para o financiamento de projetos culturais.

Lei de Cultura Djalma Maranhão
Instrumento legal de incentivo cultural promovido pela Prefeitura de Natal de modo a garantir o acesso a fundos públicos para o financiamento de projetos culturais.

Lei Rouanet
Instrumento legal de incentivo cultural promovido pelo Governo Federal de modo a garantir o acesso a fundos públicos para o financiamento de projetos culturais.

Leis de Incentivo á Cultura
Mecanismo legal de promoção da Cultura que tem como objetivo contribuir para facilitar, a todos, os meios para livre acesso às fontes da cultura e o pleno exercício dos direitos culturais.

Leis de Incentivo a Cultura BR+Estados+RN
Conjunto das principais Leis de Incentivo do país, desde a Lei Federal, passando pelos Estados brasileiro e Municípios do Rio Grande do Norte.

Leis e Legislação - Instrumentos e Mecanismos a Serviço da Cultura
Conjunto de informações legais sobre diversos instrumentos e mecanismos a favor da Cultura.

Linhas do Tempo
Linha do tempo é uma descrição ou registro de eventos e personagens organizados em função da sua ocorrência ao longo da história humana. Dependendo da área geográfica onde os eventos registrados ocorreram, a linha do tempo pode abranger o mundo na sua totalidade, uma região específica do planeta, um país ou um conjunto de países, assim como realidades locais tais como, no caso do Brasil, Estados e municípios.

Livros Significativos – Banco de Dados/Potiguariana
Banco de dados contendo uma relação de livros, com seu conteúdo na íntegra, revelando uma produção editorial marcante e significativa na história e desenvolvimento cultural do Rio Grande do Norte.

^ Subir

M

Manifesto da Rede Estadual de Direitos Humanos RN
Declaração pública de princípios e intenções da Rede Estadual de Direitos Humanos do Rio Grande do Norte, coordenada pelo CDHMP-Centro de Direitos Humanos e Memória Popular.

Mapeamento Cultural
É um processo de conhecimento da realidade cultural do povo brasileiro, elaborado através de uma pesquisa de campo. Serão contemplados os elementos de identidade, identificação, aspectos reflexos da cultura dominante, e aspectos potencialmente libertadores, visando uma transformação da sociedade.

Memória Histórica
Macrotema da DHnet que possibilita, através dos seus dados, estudos, pesquisas e reflexões sobre nossa história, resgatar valores, fatos políticos e situações culturais, assim como personalidades, artistas e intelectuais, a maioria dos quais mortos e desaparecidos durante as lutas em prol da cidadania.

Memória Histórica Potiguar
O tema Memória Histórica Potiguar procura resgatar os fatos marcantes da história dos direitos humanos no Rio Grande do Norte. Trata-se do resgate e sistematização de documentos e trabalhos de personagens e personalidades. Este eixo, portanto, compõem-se de um conjunto de informações, dados e documentos. Envolve concepção, criação e produção de pesquisas e dados sobre a vida e trajetória de pessoas que, de alguma forma, contribuíram com o avanço das questões de direitos humanos.

Mestres da Cultura Popular
Artistas e divulgadores da cultura popular sendo promotores de experiências adquiridas, imaginadas, criadas e recriadas pela maioria, contemplando suas tradições, costumes, modos, valores, crenças, folguedos, expressões artísticas, idéias, ações do cotidiano e conhecimentos

Mestres da Tradição Cultural Griôs
São artistas mestres de tradição oral conhecedores/as e fazedores/as de conhecimentos, iniciados ou iniciadores/as de um ramo tradicional em artes e ofícios diversos relacionados às ciências da vida.

Municipalidade Cultural
Discussão que envolve o Município como um todo no tratamento das questões públicas culturais. Trata-se desde a gestão municipal cultural, seus programas de incentivos e seus mecanismos de inclusão cultural como também a participação da sociedade civil através dos agentes e organizações culturais. A vida cultural do Município envolve questões como gestão cultural; política cultural; história e memória cultural; mapeamento dos equipamentos públicos culturais e a participação ativa do cidadão e da cidadã construindo suas identidades e fortalecimento da Cidadania Cultural.

^ Subir

N

Nosso Projeto
Conjunto de informações sobre a natureza e funcionamento dos macrotemas e projetos da DHnet-Rede de Direitos Humanos e Cultura.

^ Subir

O

Oficina de Cibercidadania, I
Oficina de construção coletiva de um plano de informatização global para a Prelazia de Cristalândia, Tocantis /Centro de Direitos Humanos de Cristalândia realizada pela DHnet utilizando os recursos e metodologias da cidadania digital.

Oficinas do Curso de Agentes Culturais da Cidadania - Oficinas ACC
Trata-se da realização de 23 Oficinas de Sensibilização Cultural em 23 cidades do RN onde já existem Casas de Cultura. As Oficinas tem o papel mobilizador e informador do Projeto Ponto de Cultura Tecido Cultural e durante a sua realização promoverá a divulgação e distribuição dos CDs do Curso de Agentes Culturais da Cidadania e do Guia da Cidadania Cultural, coletará informações culturais para o mapeamento e distribuirá os instrumentais educativos do Projeto (cartazes, micro-jornal); O público beneficiário contará em média com 25 pessoas para cada Oficina.

ONGs
São Organismos Não-Governamentais, criados pela sociedade civil, com o objetivo principal de garantir o pleno exercício da cidadania e da democracia.

Organizações Culturais Cultura
São entidades e segmentos culturais que através de atuação coletiva promovem e articulam o desenvolvimento cultural.

Organizações de Cultura RN
São entidades e segmentos culturais que através de atuação coletiva promovem e articulam o desenvolvimento cultural no Rio Grande do Norte.

^ Subir

P

Patrimônio Histórico
Pode ser definido como um bem material, natural ou imóvel que possui significado e importância artística, cultural, religiosa, documental ou estética para a sociedade. Estes patrimônios foram construídos ou produzidos pelas sociedades passadas, por isso representam uma importante fonte de pesquisa e preservação cultural.

Patrimônio Imaterial
Compreende as práticas, representações, expressões, conhecimentos e técnicas junto com os instrumentos, objetos, artefatos e lugares culturais que lhes são associados e que as comunidades, os grupos e, em alguns casos, os indivíduos reconhecem como parte integrante de seu patrimônio cultural.

Planos de Cultura
Conjunto de diretrizes e propostas que tem por finalidade o planejamento e implementação de políticas públicas de longo prazo para a proteção e promoção da diversidade cultural.

Planos de Desenvolvimento Sustentável
Conjunto de diretrizes e metas para um desenvolvimento que procura satisfazer as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem as suas próprias necessidades, significa possibilitar que as pessoas, agora e no futuro, atinjam um nível satisfatório de desenvolvimento social e econômico e de realização humana e cultural, fazendo, ao mesmo tempo, um uso razoável dos recursos da terra e preservando as espécies e os habitats naturais.

Poder Global
Forma de representação e dominação onde desenvolvem-se estruturas de poder propriamente globais. São as estruturas que expressam as configurações e os movimentos, as articulações e as contradições no âmbito da sociedade global.

Poder Glocal
Forma de representação social onde as relações e interações entre o local e global é caracterizada por múltiplas leituras ocasionando pontos de convergência entre o político, o social, o econômico e a comunicação.

Poder Local
Espaço de representação social onde estão reunidos agentes democráticos da esfera pública e atores representativos da sociedade civil buscando a construção e implantação de políticas públicas efetivas para o conjunto da municipalidade.

Poesia Circular, Projeto
Projeto criado para contribuir com o estímulo à leitura, desenvolver novas formas de expressão e tornar conhecido nossos autores e obras, através de um panorama da História da Literatura do RN. Trata-se da exposição de cartazes, com 132 (cento e trinta e dois) autores/obras, sendo 60 (sessenta) na 1a. fase e 72 (setenta e dois) na segunda, fixados nos 150 (cento e cinquenta) ônibus que circularam através da antiga empresa de ônibus Viação Cidade do Sol, que trafegaram com uma média diária de 4.000 (quatro mil) passageiros. O projeto desenvolveu também atividades nas escolas, teatro interativo e diversas manifestações culturais vinculadas à proposta de promoção e divulgação da poesia do RN.

Poetas/Poesias/Poemas, ABC
Relação dos principais poetas e poesias de autores do Rio Grande do Norte

Política Cultural
São formulações e propostas desenvolvidas pela administração pública, organizações não-governamentais e empresas privadas, com o objetivo de promover intervenções na sociedade através da Cultura.

Política de Comunicação
São formulações e propostas desenvolvidas a partir de discussão coletiva e de metodologias específicas visando a elaboração de um plano que construa novos cenários e novos diagnósticos no processo de comunicação entre os diversos públicos.

Política de Comunicação e Direitos Humanos
Compreensão da Comunicação como um processo estratégico cada vez mais fundamental na sociedade contemporânea e intervenção política, de forma planejada, nesse processo, com vistas a uma informação democrática agregada aos valores essenciais dos Direitos Humanos.

Potiguariana, Coleção

Pontões de Cultura
Iniciativas que tem o mesmo formato dos Pontos de Cultura sendo que possuem uma maior abrangência quantitativa em relação ao público alvo, maior alcance territorial e um histórico de vinculação com a rede de Pontos de Cultura.

Pontos de Cultura
São iniciativas desenvolvidas pela sociedade civil que, após seleção por edital público, firmam convênio com a Secretarias de Cultura dos Estados e o Ministério da Cultura, e tornam-se responsáveis por articular e impulsionar ações que já existem nas comunidades. O Ponto de Cultura não tem modelo único de instalações físicas, de programação ou atividade, é uma iniciativa que impulsiona a realização de ações envolvendo Arte e Educação, Cidadania com Cultura e Cultura com Economia Solidária.

Pontos de Cultura RN
Relação dos Pontos de Cultura existentes no Rio Grande do Norte.

Portal DHnet Direitos Humanos e Cultura
Provedor de informações, via internet, sendo considerado o maior banco de dados sobre Direitos Humanos da América Latina.

Prêmio Estadual de Direitos Humanos Emmanuel Bezerra dos Santos
O Prêmio Estadual de Direitos Humanos foi criado em 1994, em homenagem ao militante e ex-desaparecido político Emmanuel Bezerra dos Santos, e tem o objetivo de agraciar aquelas pessoas ou Entidades comprometidas com os Direitos Humanos, as liberdades democráticas e a defesa da vida. Já o Prêmio Jornalístico de Direitos Humanos foi criado em 1997, com o intuito de homenagear os jornalistas identificados com a causa e a promoção dos Direitos Humanos e da Cidadania.

Produtores Culturais
Agentes culturais que organizam, articulam e promovem atividades culturais.

Produtos Culturais
São objetos e manifestações materiais e imateriais criados por artistas, mestres e produtores culturais.

Programa Cultura Viva
O Programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura, contempla iniciativas culturais que envolvem a comunidade em atividades de arte, cultura, cidadania e economia solidária. Essas organizações são selecionadas por meio de edital público e passam a receber recursos do Governo Federal para potencializarem seus trabalhos, seja na compra de instrumentos, figurinos, equipamentos multimídias, seja na contratação de profissionais para cursos e oficinas, produção de espetáculos e eventos culturais, entre outros.

Programas de Cultura
São iniciativas que tem como objetivo contribuir para facilitar, a todos, os meios para livre acesso às fontes da cultura e o pleno exercício dos direitos culturais.

^ Subir

Q

 

^ Subir

R

Rede Brasil de Direitos Humanos
Grande central multimídia de informações sobre Direitos Humanos, coordenada pela DHnet, com o objetivo de abranger todos os 5.562 municípios do Brasil, sendo composta por 26 Redes Estaduais mais o Distrito Federal.

Rede Estadual de Direitos Humanos RN
Articulação que envolve pessoas, instituições, entidades e mecanismos de defesa dos Direitos Humanos abrangendo todos os 167 Municípios do Rio Grande do Norte.

Redes Culturais
Forma de articulação e interação entre culturas e manifestações artísticas onde se produz um diálogo com troca de experiências e informações culturais.

Redes de Cidadania
Espaço de articulação que demonstra o potencial mobilizador da sociedade civil e as perspectivas políticas inovadoras que as ações solidárias geradas horizontalmente entre indivíduos e grupos sociais, no interior da sociedade civil, nas instâncias de poder dos governos municipais e locais, etc., podem oferecer para a compreensão dos desafios de construção da cidadania democrática neste mundo globalizado e instável desta contemporaneidade.

Redes de Pontos de Cultura
Articulação de trocas de experiências que reúne os Pontos de Cultura de todo o Brasil.

Redes Estaduais de Direitos Humanos
Articulação que envolve pessoas, instituições, entidades e mecanismos de defesa dos Direitos Humanos que aglutina os 26 Estados brasileiros mais o Distrito Federal.

^ Subir

S

Secretarias de Cultura
Instituições de poder público que tem a função de promover políticas públicas de incentivo e fomento cultural para todo o conjunto da sociedade.

Seminário de Cultura e Direitos humanos
Seminário promovido pelo Centro de Direitos Humanos e Memória Popular em parceria com o MNDH e a AGEN, realizado em Junho de 1994, no qual se discutiu a cultura e a comunicação na ótica dos Direitos Humanos construindo identidades e o resgate da auto-estima.

Seminários
Seminário é um procedimento metodológico, que supõe o uso de técnicas (uma dinâmica de grupo) para o estudo e pesquisa em grupo sobre um assunto predeterminado.

Sem-Telas, Manifesto dos
Declaração pública de princípios e intenções coordenada pela DHnet com o objetivo de divulgar o Movimento dos Sem-Telas que é uma articulação de promoção e defesa da informação livre e democrática.

Sistemas de Cultura – Nacional Estadual e Municipal
Conjuntos de ações estruturantes e de políticas públicas integradas para a promoção e desenvolvimento da Cultura a nível federal e nos Estados e Municípios.

Sítios Históricos
Espaços ou regiões culturais tombadas pelo Patrimônio Cultural para garantir o resgate e preservação dos valores tradicionais, hábitos e costumes de povos locais, objetos artísticos, monumentos e diversas manifestações culturais.

^ Subir

T

Tecido Cultural, Jornal Online Newsletter
Instrumental Educativo e de Divulgação, editado pelo CENARTE/DHnet, produzido em forma de um pequeno jornal em versão on-line via internet contendo informações e orientações sobre o Curso de Agentes Culturais da Cidadania; sobre o Guia da Cidadania Cultural bem como dados gerais sobre o Ponto de Cultura Tecido Cultural.

Tecido Cultural, Ponto de Cultura RN
O Projeto Ponto de Cultura Tecido Cultural é uma iniciativa do Cenarte-Centro de Estudos, Pesquisa e Ação Cultural/DHnet-Rede de Direitos Humanos e Cultura e objetiva sensibilizar atores sociais culturais para que disseminem ações voltadas para a construção de uma Cidadania Cultural interagindo com agentes culturais; Instituições e Casas de Cultura.

TV Alerta Comunitária da Cidade da Esperança
Experiência de comunicação popular desenvolvida no bairro da Cidade da Esperança, em Natal, Rio Grande do Norte, tendo as pessoas da comunidade como protagonistas de todo o processo de implantação e desenvolvimento dessa ação comunicativa.

TV Memória Popular TV-MP
Canal de comunicação popular criado pelo Centro de Direitos Humanos e Memória Popular para contribuir e promover a informação pública e democrática.

^ Subir

U

 

^ Subir

V

 

^ Subir

W

 

^ Subir

X

 

^ Subir

Y

 

^ Subir

Z

 

^ Subir

| A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | X | Y | W | Z |

< Voltar

 
Desde 1995 © www.dhnet.org.br Copyleft - Telefones: 055-84-3221-5932 / 3211-5428 - Skype:direitoshumanos - dhnet@dhnet.org.br
Google
Cultura nos Municípios do Rio Grande do Norte
Guia da Cidadania Cultural RN
Memória Histórica Potiguar
Pontos de Cultura RN
Coleção Potiguariana
Agentes Culturais Artistas RN Rio Grande do Norte
Combatentes Sociais RN
Curso Agentes Culturais da Cidadania
Oficinas de Cidadania Cultural RN
Áudios Canal RN
Tecido Cultural Jornal Online
Vídeos Canal RN
Glossário do Ponto de Cultura Tecido Cultural
Insurreição de 1935 no RN
Almanaque da Poesia Potiguar Rio Grande do Norte