Direitos Humanos
 Desejos Humanos
 Educação EDH
 Cibercidadania
 Memória Histórica
 Arte e Cultura
 Central de Denúncias
 Banco de Dados
 MNDH Brasil
 ONGs Direitos Humanos
 ABC Militantes DH
 Rede Mercosul
 Rede Brasil DH
 Redes Estaduais
 Rede Estadual RN
 Mundo Comissões
 Brasil Nunca Mais
 Brasil Comissões
 Estados Comissões
 Comitês Verdade BR
 Comitê Verdade RN
 Rede Lusófona
 Rede Cabo Verde
 Rede Guiné-Bissau
 Rede Moçambique

ABC dos Novos Direitos e Deveres
Dilemas para o Século XXI
Direitos Globais no Universo em Mutação

Clubes de Direitos Humanos
Roberto Monte

Que danado é/são Clube(s) de Direitos Humanos?

Uma espécie de agremiação de Direitos Humanos, sem uma feição bacharelesca que vemos sempre em nossas entidades, onde a figura do advogado ou operador de direito é sempre quem dá alinha;

Um grupo de pessoas num dado ponto geográfico de um continente, país, região, estado, cidade, município e comunidade trabalham questões relacionadas a direitos, cidadania e humanismos;

Terá como base uma práxis de luta em que questões como arte e cultura e memória histórica são tão importantes quanto suas necessidades/práticas cotidianos, através de direitos de primeira e segundas gerações;

Que apesar de suas lutas quase sempre versarem sobre direitos de segunda geração, sua base de sustentação teórica sempre levará em conta as outras gerações de direitos;

Aparentemente desconectados , as possibilidades técnicas e científicas fazem ele um cidadão do mundo, dentro do espírito do Movimento dos Sem-Tela de do Manifesto da Rede Estadual de Direitos Humanos RN;

Um dos nossos objetivos é integrar grupos da região nordeste do Brasil com o restante da nossa pátria, interligar aqueles que trabalham direitos humanos no Brasil com aqueles que fazem parte dos países da comunidade de língua portuguesa, sem esquecer a a América Latina e o resto do mundo, fazer conexões com as tribos que tem semelhanças conosco;

O nome Clube de Direitos Humanos, retirado de experiência portuguesa, é a possibilidade de colocarmos em prática práxis desenvolvidas há cerca de 15 anos, ou seja, trabalhar a questão dos direitos humanos numa perspectiva mais lúdica, inserindo aí facetas de nossa memória histórica(perspectiva dos vencidos), com muitas manifestações de arte e cultura, trabalhar com atores sociais que até hoje estiveram marginalizados, fazendo um link com setores do sistema que querem trazer para si o espírito de Porto Alegre, de que um outro mundo é possível, com direitos humanos e cidadania.

02 - As conexões do Clubes de Direitos Humanos

Terá as seguintes conexões:


2.1 - Sistema Internacional de Proteção aos DH
Sistemas Global e Regionais

2.2 - Sistema Nacional de Proteção aos DH
Em Construção
PNDH- Programa Nacional de Direitos Humanos
MNDH

2.3 - Sistema Estadual de Proteção
Em Construção
PEDH – Programa Estadual de Direitos Humanos RN
Conselho Estadual de Direitos Humanos
MNDH-RN

2.4 - Rede Estadual de Direitos Humanos
Direitos Humanos para todo o RN
Articulação Sociedade Civil


03 - Como operacionalizar os Clubes de Direitos Humanos?

3.1 – Questões políticas
Refazer/returninar nosso arco de alianças

Cidade/Comunidades
Estado
Região
País
América Latina
CPLP – Comunidade de Países de Língua Portuguesa
Mundo

Considerar

Articulações convencionais
Tribos
Ciberespaço


3.2 - Estrutura de Informação

3.2.1 – Guia de Direitos RN
DHnet – Rede Direitos Humanos e Cultura
CD-ROM Enciclopédia Digital DH

Interligar os que pensam como nós(nós com nós)
Podem pensar como nós
Dar visibilidade a nossa forma de ver o mundo, inclusive aos que não pensam como nós e jamais pensarão...
Em suma dar fluxo a informações
A articulação feita com a RITS poderá propociar isso, ao termos 200 e-mails, 20 fóruns, etc.


3.2.1 – Jornal da Rede RN
Versão impressa
Versão Online


3.3 – Estrutura de Formação

As 02 salas adquiridas, bem como a sua estruturação numa espécie de central da Rede RN, darão suporte aos seguintes cursos

3.3.1 - Cursos de Agentes da Cidadania
3.3.2 - Oficinas do PEDH-RN
3.3.3 - Oficinas de Acesso a Justiça
3.3.4 - Cursos de Direitos Humanos á Distância(breve)


3.4 - Instrumentais de Apoio


3.4.1 - Ponto Eletrônico da Cidadania
Refletir/enquadar no contexto

3.4.1 – Impressos

Produzido por nós
3.4.1.1 – ABC da Cidadania
3.4.1.2 - Cartaz(es)

Produzido por outros

Conseguir o maior número possível de livros, cartilhas, cartazes, jornais e revistas para ser distribuído para a Rede, ser +- o que a Cúria faz
Fazer uma sala onde tenha um display de venda de material sobre direitos humanos para venda. Fazer uma linha direitos humanos para vender nas escolas.(CD, cartilhas, livros, etc.)
Escrever para quem valha a pena, pedindo material em nome da Rede Estadual de Direitos Humanos RN


3.4.2 - Áudio e Vídeo
Fazer a conexão com o ponto eletrônico
Elaborar uma cartilha para dizer o que é o Ponto Eletrônico
Ver Biblioteca FUST - Projeto

Fazer conexões com bibliotecas no interior do estado

3.4.2. 1 - Videoteca Popular
Central e Nodais

3.4.2.2 - CDteca
Central e Nodais

Desde 1995 © www.dhnet.org.br Copyleft - Telefones: 055 84 3211.5428 e 9977.8702 WhatsApp
Skype:direitoshumanos Email: enviardados@gmail.com Facebook: DHnetDh
Google
Notícias de Direitos Humanos
Loja DHnet
DHnet 18 anos - 1995-2013
Linha do Tempo
Sistemas Internacionais de Direitos Humanos
Sistema Nacional de Direitos Humanos
Sistemas Estaduais de Direitos Humanos
Sistemas Municipais de Direitos Humanos
História dos Direitos Humanos no Brasil - Projeto DHnet
MNDH
Militantes Brasileiros de Direitos Humanos
Projeto Brasil Nunca Mais
Direito a Memória e a Verdade
Banco de Dados  Base de Dados Direitos Humanos
Tecido Cultural Ponto de Cultura Rio Grande do Norte
1935 Multimídia Memória Histórica Potiguar