Linha do Tempo
 Nossa História
 Institucional
 Ações e Projetos
 Encontros Nacionais
 Conferências Nacionais
 Regionais do Movimento
 ABC Entidades Filiadas
 ABC Militantes
 Banco de Dados MNDH
 MNDH Documentos
 MNDH Áudios
 MNDH Vídeos
 MNDH Imagens
 Direitos Humanos
 Desejos Humanos
 Educação EDH
 Cibercidadania
 Memória Histórica
 Arte e Cultura
 Central de Denúncias
 Rede Brasil
 Redes Estaduais
 Rede Estadual RN
 Rede Lusófona
 Rede Mercosul




Carta de Princípios
do Movimento Nacional de Direitos Humanos


A Carta de Princípios do MNDH
 2:04'


A caminhada pelos direitos humanos é a própria luta do nosso povo oprimido, através de um processo histórico que se inicia durante a colonização, e que continua, hoje, na busca de uma sociedade justa, livre, igualitária, culturalmente diferenciada e sem classes.

Neste sentido, o MNDH- Movimento Nacional de Direitos Humanos- afirma que os direitos humanos são, fundamentalmente, os direitos das maiorias exploradas e das minorias espoliadas cultural, social e economicamente, a partir da visão mesma destas categorias.

Para cumprir seus compromissos, o nosso Movimento baseia-se nos seguintes princípios:

1. Estimular a organização do povo, para que se conscientize de sua situação de opressão, descubra formas para conquistar e fazer valer seus direitos e para se defender das violências e arbitrariedades, promovendo, em todos os níveis, uma educação social e política para os direitos humanos. Este esforço deve possibilitar que o homem torne-se cada vez mais, sujeito da tranformação das atuais estruturas.

2. Lutar, com firmeza, para garantir a plena vigência dos direitos humanos, em qualquer circunstância, defendendo a punição dos responsáveis pelas violações desses direitos e a justa reparação para as vítimas

3. Inventivar e garantir a autonomia dos movimentos populares, ultrapassando os interesses institucionais, partidários e religiosos, considerando a pluralidade de opinião e reafirmando a opção fundamental, que é nosso compromisso com oprimidos.

4. Ter claro o seu papel, suas limitações e potencialidades, sua identidade, repudiando qualquer forma de instrumentalização e se caracterizando como entidade não governamental.

5. Combater todas as formas de discriminação por confissão religiosa, diversidade étnico-cultural, opinião pública, sexo, cor, idade, deficiência física e|ou mental, condição econômica e ideológica.

Unidos, lutaremos pela realização desses compromissos caminhando, assim, para construção de uma Nova Sociedade e do Homem Novo, no Brasil, na América Latina e no mundo.

Olinda, 26 de janeiro de 1986

IV Encontro Nacional de Direitos Humanos

 

Desde 1995 © www.dhnet.org.br Copyleft - Telefones: 055 84 3211.5428 e 9977.8702 WhatsApp
Skype:direitoshumanos Email: enviardados@gmail.com Facebook: DHnetDh
Google
DHnet
MNDH 30 Anos
MNDH Encontros de Direitos Humanos
MNDH Encontros Regionais
MNDH Encontros Estaduais
MNDH Entidades Filiadas
MNDH Militantes
MNDH Multimídia
Sistemas Internacionais de Direitos Humanos
Sistema Nacional de Direitos Humanos
Sistemas Estaduais de Direitos Humanos
História dos Direitos Humanos no Brasil - Projeto DHnet
Projeto Brasil Nunca Mais
Direito a Memória e a Verdade
Rede Brasil de Direitos Humanos